NEWS

Post Top Ad



27 de fevereiro de 2024

Carta com substância suspeita e ameaça de morte é enviada ao filho de Donald Trump; autoridades entram em alerta

 

Donald Trump Jr., o filho do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, foi alvo de uma carta contendo um pó branco suspeito nesta segunda-feira (26). O incidente resultou na mobilização de serviços de emergência até a residência de Trump Jr., localizada na Flórida.





Ao abrir o envelope, que continha uma ameaça de morte, Trump Jr. desencadeou uma resposta imediata das equipes de emergência, que, devidamente equipadas com trajes antirrisco, compareceram à casa do filho do ex-presidente. O material foi recolhido para posterior investigação.






O pó foi submetido a análises laboratoriais, mas os resultados foram inconclusivos. Autoridades, no entanto, afirmam que a substância aparenta não ser letal.





A polícia anunciou a abertura de uma investigação em colaboração com o Serviço Secreto dos Estados Unidos para apurar o incidente.





Este não é o primeiro episódio envolvendo Trump Jr. e cartas com pó branco. Em 2018, sua esposa precisou ser hospitalizada após abrir um envelope semelhante, que posteriormente foi considerado inofensivo pelas autoridades.




Envelopes contendo pó branco também foram enviados à Trump Tower duas vezes em 2016.





Nos Estados Unidos, cartas com pó branco são tratadas como alertas sérios desde 2001, quando cinco pessoas morreram após receberem correspondências contendo substâncias mortais nos escritórios de dois senadores.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad