Brasil - Falência das UPPs e mais sete pontos, saiba como o Rio chegou ao novo capítulo da guerra do tráfico na Rocinha

O cerco das Forças Armadas à Favela da Rocinha e os novos tiroteios nos morros cariocas são provas contundentes de um conjunto de falhas estratégicas na gestão da cidade e do estado, afirmam especialistas. Cientistas sociais que acompanham a vida carioca listaram oito itens que ajudam a entender como o Rio chegou a esse ponto e quais as perspectivas para o futuro próximo.

Veja abaixo os pontos listados:
Falta de inteligência policial
Falência do modelo das UPPs
Polícia vulnerável ao crime
Crise econômica e falência do estado
Crise política e falta de liderança
Evolução do crime organizado
Uso das Forças Armadas
Atual política de combate às drogas

Os pontos acima e as análises abaixo foram considerados em entrevistas por Paula Poncioni, professora da UFRJ e doutora em sociologia, conselheira do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Jacqueline Muniz, professora da UFF, Daniel Cerqueira, conselheiro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e pesquisador do Ipea, e Alba Zaluar, antropóloga, e Silvia Ramos, professora do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania. Tanto Alba quanto Silvia são especialistas associadas ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Falta de inteligência na ação policial
É consenso entre os especialistas que o Rio (e também o governo federal) não avançou na conquista de novos métodos de investigação e monitoramento, tendo até mesmo desistido dessa ação em benefício de outras ações ostensivas ou de enfrentamento.
(G1)

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

O site oficial de Buerarema - Bahia

O site oficial de Buerarema - Bahia