NEWS

Post Top Ad



25 de março de 2024

Gabigol, do Flamengo, é suspenso por dois anos por fraude em antidoping



O atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, foi punido com dois anos de suspensão por fraude do exame antidoping. O julgamento do jogador do Flamengo começou na última semana e foi definido nesta segunda (25).




O jogador foi julgado pela Justiça Desportiva Antidopagem. A sessão durou pouco mais de duas horas e a pena já começa a valer a partir de abril. Ainda cabe recurso.





O resultado do julgamento foi apertado. O placar foi de 5 a 4 a favor da suspensão do jogador. A acusação contra Gabriel foi por infração ao artigo 122 do Código Brasileiro Antidopagem, "fraude ou tentativa de fraude de qualquer parte do processo de controle".




A suspensão poderia ser de até quatro anos em caso de condenação. A denúncia contra o jogador foi feita em dezembro, e a defesa foi enviada ainda em janeiro, dentro do prazo.




Na última semana, no dia 20, aconteceu a primeira sessão do julgamento, com duração de cinco horas. O tribunal encerrou a sessão e deu sequência nesta segunda (25), de forma online, quando saiu o veredito. 


Flamengo se pronuncia

Em nota oficial, o Flamengo se pronunciou sobre o caso e disse que irá apoiar Gabigol no recurso à CAS.


"O Clube de Regatas do Flamengo, tomando conhecimento do resultado do julgamento do seu atleta Gabriel Barbosa, no sentido de aplicação de pena de suspensão de dois anos, até abril de 2025, por 5 votos pela condenação e 4 pela absolvição, vem a público dizer que recebeu com surpresa a referida decisão e que auxiliará o atleta na apresentação de recurso à CAS (Corte Arbitral do Esporte), uma vez que entende que não houve qualquer tipo de fraude, nem mesmo tentativa, a justificar a punição aplicada", escreveu.


O tribunal europeu é a máxima instância da Justiça desportiva no mundo.


Caso aceite o recurso, a CAS marcará julgamento, que vai determinar se o gancho de Gabriel seguirá valendo ou será derrubado.


O que Gabigol fez no exame antidoping?

O camisa 10 do Flamengo foi acusado de dificultar a realização do exame antidoping no dia 8 de abril de 2023, no Ninho do Urubu.


Um dos relatos da denúncia diz que o jogador demorou para realizar o processo e não cumpriu as instruções dos oficiais.


RELACIONADO


Gabigol já não pode treinar pelo Flamengo ou ir ao Ninho do Urubu após suspensão por fraude em antidoping

31mESPN.com.br


Veja os próximos passos de Gabigol após suspensão de dois anos por tentativa de fraude em exame antidoping

28mPedro Ivo Almeida

Os demais jogadores do Rubro-Negro realizaram o exame antes do treinamento das 10h.


De acordo com os responsáveis pela realização do exame, Gabigol não se dirigu aos profissionais antes do treino e, depois da atividade, ignorou os agentes e foi almoçar, tratando a equipe com desrespeito e não seguindo o procedimento indicado.


Em seguida, pegou o vaso de coleta sem avisar nenhum dos oficiais e se irritou ao ver que foi acompanhado por um dos responsáveis pelo exame até o banheiro. Em seguida, entregou o coletor aberto, contrariando a orientação

(ESPN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad