NEWS

Post Top Ad



14 de março de 2024

Ao menos oito agentes de segurança foram mortos em Salvador e Região Metropolitana este ano

 

Pelo menos oito agentes de segurança foram baleados em Salvador e Região Metropolitana (RMS) apenas em 2024. O caso mais recente é o do policial militar Marcos Alan Magalhães Vicente, de 46 anos, que foi vítima de latrocínio no condomínio onde morava, na noite de terça-feira (12). A morte foi confirmada na quarta-feira (13).




Dos oito baleados este ano, cinco morreram. Os dados são do Instituto Fogo Cruzado, organização sem fins lucrativos que produz dados sobre violência armada.




No sábado (9), três dias antes do caso de Marcos Alan, outro agente foi baleado em Camaçari. O tenente das Rondas Especiais da Polícia Militar (Rondesp), que não teve sua identidade divulgada, foi encaminhado para uma unidade hospitalar e recebeu alta no mesmo dia. O caso aconteceu quando policiais militares realizavam ações de policiamento em uma localidade conhecida como ‘Corre Nu’.




Na manhã do dia 13 de fevereiro, um policial militar de folga foi baleado em Barra do Pojuca, também localizado em Camaçari. Segundo informações da Polícia Militar, equipes da 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foram chamadas até a Rua Itacimirim do Areal e socorreram o colega ferido. Não há detalhes sobre as circunstâncias em que o PM foi atacado.




No segundo dia de janeiro, o policial militar Guilherme Alves Pinheiro foi morto enquanto realizava rondas no bairro do IAPI, em Salvador. Ele foi vítima de um tiro de arma de fogo. O soldado chegou a ser levado até uma unidade hospitalar para ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.




Além dos casos na capital baiana e RMS, agentes foram vítimas de balas em todo o estado. No dia 23 de fevereiro, um policial civil foi morto ao tentar prender acusados de homicídio em Juazeiro, no norte do estado. Na ação, dois criminosos morreram e outro fez uma mulher e uma criança de reféns antes de se entregar.




Também no norte da Bahia, um capitão da PM foi atingido por tiros durante confronto com suspeitos, no dia 10 de janeiro. Ele sobreviveu e, no mesmo dia, já estava com o quadro de saúde estável. (Correio 24h)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad