NEWS

Post Top Ad



29 de março de 2023

Policiais militares resgatam mulher que foi sepultada viva

 


Uma mulher de 36 anos foi resgatada viva, na manhã desta terça-feira (28), de dentro de um túmulo no Cemitério Municipal de Visconde do Rio Branco, na Zona da Mata de Minas Gerais. Acusada de envolvimento com tráfico de drogas, ela foi resgatada por equipes da 4ª Região de Polícia Militar (RPM).



A mulher, que não teve o nome divulgado, foi sepultada, ainda viva, num túmulo vertical. Os militares, ao ouvirem gritos de “socorro”, quebraram a parede de tijolos e retiraram a mulher, que apresentava ferimentos na cabeça e vários cortes pelo corpo.



A Polícia Militar foi acionada após coveiros de cemitério municipal de Visconde Do Rio Branco visualizarem uma catacumba fechada com tijolo e cimento fresco e com marcas de sangue próximo ao local. Depois de retirada do túmulo, o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi acionado e a mulher socorrida ao hospital São João Batista.



Segundo a vítima, ela se encontrava em casa na companhia do marido, quando teve a residência invadia por dois bandidos encapuzados que a agrediram. Disse também, que seu esposo foi agredido, contudo conseguiu desvencilhar e evadir da presença dos invasores. A partir daí, não se lembra de mais nada, até acordar no túmulo. Confessou ainda que havia guardado armas e drogas para dois indivíduos e que esse material fora extraviado.



O serviço de Inteligência apurou um envolvimento da mulher com o uso, tráfico de drogas e furto. Os suspeitos de 20 e 22 anos foram identificados e ainda não foram localizados pela polícia. A ocorrência foi registrada na delegacia de Polícia Civil de Visconde do Rio Branco. O caso é investigado pelo delegado da Regional de Ubá, Diego Candian Alves.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad