NEWS

Post Top Ad

9 de maio de 2022

Veja o que se sabe até o momento sobre o grave acidente de ônibus que vitimou o cantor Aleksandro, da dupla com Conrado, e matou outros cinco passageiros

 

O grave acidente envolvendo o ônibus da dupla sertaneja Conrado e Aleksandro tombou e matou o cantor Aleksandro, de 34 anos, e mais cinco pessoas na manhã do último sábado (7) na Rodovia Régis Bittencourt, no litoral de São Paulo. Dezenove pessoas ficaram feridas, entre elas, o cantor Conrado, que segue internado em estado grave.

O caso ocorreu por volta das 10h30 de sábado (7), na rodovia Régis Bittencourt, na altura de Miracatu, no interior de São Paulo, no km 402,2 da pista, sentido São Paulo (SP). Ao g1, o empresário da dupla, José Carlos Cassucce, afirmou que o veículo da banda saiu de Tijucas do Sul (PR), onde a dupla fez um show na sexta-feira (6), e seguia com destino para São Pedro (SP), onde havia um show agendado para sábado. Com o acidente, o show foi substituído pelos contratantes.


Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um pneu estourado pode ter sido a causa do acidente. A suspeita é de que, por conta disso, o motorista tenha perdido o controle do veículo, que tombou no canteiro central da rodovia. O problema foi identificado no pneu dianteiro esquerdo.

Alta velocidade
O ônibus da dupla sertaneja foi flagrado em alta velocidade na Rodovia Regis Bittencourt, momentos antes do acidente que matou o cantor Aleksandro. Imagens obtidas pela reportagem mostram o veículo entre 130 e 140 km/h. Veja abaixo.


A PRF confirmou que o vídeo foi feito na mesma rodovia em que ocorreu o acidente, porém não confirmou que o conteúdo tenha sido registrado antes dele perder o controle e tombar, embora os horários estejam de acordo com a ordem dos fatos - no painel, é possível ver que a situação foi gravada às 9h47, enquanto a fatalidade ocorreu por volta das 10h30.

A corporação afirmou, ainda, que a velocidade máxima para veículos de grande porte no local da gravação é de 80 km/h.

Autor do vídeo
O g1 conversou com o autor do vídeo, que não quis se identificar, mas garantiu ter feito as imagens pouco antes do acidente.

“Eu passo por essa rodovia todos os dias e sempre filmo quem está em alta velocidade. O ônibus (de Conrado e Aleksandro) passou a mais de 140 km/h e chamou a minha atenção. Acelerei para alcançá-lo”, contou.

Sobreviventes


Um dos sobreviventes do acidente de ônibus, o assessor dos músicos, Ricardo Ernesto Silva, alegou em entrevista à TV Tribuna, emissora afiliada à Rede Globo, que conseguiu escapar pela janela do veículo. Ele disse ter sofrido apenas um machucado em um dedo da mão esquerda.

Segundo Silva, só ele e um segurança da dupla não precisaram ser encaminhados a hospitais.


Segundo a PRF, 19 pessoas estavam no veículo, incluindo os artistas. Além da morte de Aleksandro e de mais cinco passageiros, 11 vítimas foram encaminhadas aos prontos-socorros da região com ferimentos leves - outras duas pessoas não sofreram lesões (Silva e o segurança).



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad