NEWS

Post Top Ad

28 de abril de 2021

Segunda dose de vacina contra a Covid deve ser tomada mesmo fora do prazo, diz ministério

 

 segunda dose da vacina contra Covid deve ser tomada mesmo fora do prazo recomendado pelos laboratórios, informou nesta terça-feira (27) o Ministério da Saúde. 

A recomendação consta de nota técnica divulgada pelo Programa Nacional de Imunizações. “Essa é a orientação do Ministério da Saúde, que reforça a importância de se completar o esquema vacinal para assegurar a proteção adequada contra a doença”, informou a pasta à imprensa. 

A orientação ocorre em um momento em que algumas cidades já relatam falta de doses para a segunda aplicação e há preocupação sobre o risco de atraso na entrega de doses da Coronavac. Em João Pessoa, por exemplo, a Justiça determinou que a segunda dose seja aplicada dentro do prazo. 

A medida judicial gerou críticas do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nesta segunda (26). Em São Paulo, até o último dia 23, a estimativa era que 278 mil pessoas que tinham recebido a primeira dose ainda não tinham recebido o reforço. 

O Brasil oferece hoje duas vacinas contra a Covid-19, e ambas precisam de duas doses para ter eficácia completa. No caso da Coronavac, o intervalo entre a primeira e a segunda dose é de 28 dias (ou quatro semanas). Já para a vacina da AstraZeneca/Oxford, o intervalo é de 12 semanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site oficial de Buerarema - Bahia

O site oficial de Buerarema - Bahia

Post Top Ad