NEWS

Post Top Ad

20 de agosto de 2020

Bahia - Nível do mar avança pelo segundo dia em praias de Ilhéus e causa novos prejuízos para moradores

 

O nível do mar avançou pelo segundo dia seguido na zona norte de Ilhéus, cidade do sul da Bahia, e causou novos prejuízos para os moradores, na madrugada desta quarta-feira (19). Nos bairros de São Domingos e São Miguel, a maré derrubou muro e invadiu casas e cabanas.

A força da maré no bairro de São Domingos despedaçou as pedras enormes usadas na contenção. Os pedaços foram parar na área da cabana de Dona Eunice Santos. A força das ondas derrubou o muro e a parte de trás do estabelecimento dela.

“Eu senti muito medo, porque quando eu levantei de manhã, que olhei, tinham muitas pedras. Durante a noite eu não consegui dormir, foi um desespero, árvores caindo, a onda batendo, estremecendo e acabando com a casa toda”, disse a comerciante.

A comerciante Raimunda Magalhães lamentou os prejuízos. A cabana dela foi reformada por dois meses, para reabrir depois da liberação das atividades de comércio, por causa pandemia do novo coronavírus.

“É o ganha pão da gente. Aqui parece uma cachoeira de tarde, quando a maré começa a encher isso aqui parece uma cachoeira”, lamentou.

Em São Miguel, moradores de uma casa de recuperação tiveram que agir rápido durante a madrugada, depois que a água do mar invadiu o local, provocando vários estragos.

A casa onde o advogado Fernando de Oliveira passou a infância está desabando há dois dias. Os pais dele estavam no local quando as primeiras alterações na estrutura apareceram.

“Meu pai estava na varanda, tentando arrumar as coisas com um outro rapaz. Foi quando a varanda cedeu e caiu sobre ele. Graças a Deus, não teve um dano muito grave, ele teve alguns cortes na cabeça, levou alguns pontos, mas está bem”, disse.

Na manhã desta quarta, a prefeitura de Ilhéus levou máquinas para o local e um foi feito serviço paliativo com pedras de contenção nas praias.

Os moradores dos bairros de São Domingos e São Miguel sofrem com o avanço da maré. No primeiro dia, o pico de maré chegou a dois metros, mas a previsão é que seja mais elevado nos próximos dias, segundo o Centro de Prevenção do Tempo e Estudos Climáticos.

Por causa da situação, os moradores chegaram a fazer contenção de pedras para impedir que água entre nas casas.

Ao longo da praia, ainda é possível ver troncos de árvores caídos, muros despedaçados e sacos de areias, que eram uma contenção, soterrados.

No dia 11 de julho, o avanço da mar também causou destruição e provocou erosão costeira nos dois bairros. Com o inverno e as chuvas no sul da Bahia, o mar está agitado e destrói cabanas, derruba coqueiros e chega a invadir a pista.

Desde o fim de julho, a maré alta vem causando estragos na praia de São Domingos. Os moradores chegaram a montar uma barreira para o mar não alcançar casas, barracas e outras estruturas, mas não conseguiram impedir a destruição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site oficial de Buerarema - Bahia

O site oficial de Buerarema - Bahia

Post Top Ad