NEWS

Post Top Ad

30 de março de 2020

Brasil - AOS 98 ANOS, SAMBISTA RIACHÃO FOI MORAR COM O PAI

O cantor e compositor baiano Clementino Rodrigues, Riachão, dono de grandes sucessos como Vá morar com o diabo e Cada macaco no seu galho, faleceu na madrugada desta segunda-feira (30), em Brotas, Salvador. Ele teria morrido de causas naturais, conforme familiares.

Riachão era nome reverenciado nacionalmente como um dos principais compositores e sambistas do país. Ainda ativo intelectual e fisicamente, deixou este mundo quando dormia em sua residência. Planejava lançar Se Deus quiser eu vou chegar aos 100, numa referência aos anos de estrada.

O músico começou a carreira aos 15 anos e tem em Mundão de Ouro seu último álbum. Ainda na noite de ontem (29), o cantor se queixou de dores abdominais. Medicou-se e foi dormir. Não mais acordou. Deixou-nos.

Riachão foi morar com o Pai!

REPERCUSSÃO


Rosemberg: Bahia perde uma figura ilustre

Além do meio artístico e cultural, a morte de Riachão repercutiu entre políticos. O deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa, Rosemberg Pinto (PT), disse que a “Bahia perde uma figura ilustre, que agora vai fazer samba no céu! Vá em paz, mestre Riachão. Sua contribuição foi fundamental para o samba no Brasil e no mundo”, escreveu no Twitter.

O secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães, também lamentou, também por meio do Twitter. “Bahia e samba do Brasil perdem uma das suas vozes mais importantes e vibrantes. Tristeza!!”.

O jornalista e crítico musical Hagamenon Brito usou uma das letras de Riachão para homenagear o compositor: “O teu galho é em qualquer lugar que tenha alegria, ritmo, talento e sabedoria popular. Descanse em paz”. Abaixo, confira Riachão entoando uma de suas maiores composições, Cada macaco no seu galho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site oficial de Buerarema - Bahia

O site oficial de Buerarema - Bahia

Post Top Ad