Brasil - Dilma sabia de tudo o tempo todo, diz Cerveró sobre compra de Pasadena


O ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, afirmou à Justiça que a presidente afastada Dilma Rousseff mentiu ao dizer que não tinha as todas informações necessárias a respeito de Pasadena ao aprovar a compra da refinaria quando era presidente do conselho da estatal. Para ganhar a eleição, ela tinha que arrumar um Cristo, dizendo ‘Eu fui enganada’. Mentira. É mentira [...] Dilma sabia de tudo o tempo todo. E, aliás, estatutariamente. Estatutariamente. Aí o senhor conhece bem. Estatutariamente, a responsabilidade na Petrobras de aquisição de ativos pertence ao conselho, do qual a Dilma era presidente. A Petrobras teve um prejuízo de quase US$ 800 milhões (R$ 2,8 bilhões) com a compra da refinaria. A declaração de Cerveró, um dos delatores da Operação Lava Jato, aparece em vídeo gravado pela Justiça. O ex-diretor da Petrobras ainda dá a entender que a ex-presidente não gosta dele. Se a Dilma gostasse tanto assim de mim, ela não tinha me sacaneado, desculpe a expressão, quase dois anos atrás quando fugiu da responsabilidade dizendo que tinha aprovado [a compra de] Pasadena porque não tinha as informações completas. Ela me jogou no fogo. O ministro Teori Zavascki, do STF (Supremo Tribunal Federal), retirou o sigilo dos depoimentos de acordos de delação premiada de Cerveró. Em troca das informações prestadas, Cerveró poderá deixar a prisão no dia 24 de junho, mas deverá devolver aos cofres públicos cerca de R$ 17 milhões, como forma de ressarcimento pelos desvios.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

O site oficial de Buerarema - Bahia

O site oficial de Buerarema - Bahia