08 de outubro de 2018

Itabuna – FTC TERÁ CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA

A Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) de Itabuna já conta com a autorização do Ministério da Educação (MEC) para oferecer a partir do semestre 2016.2 o curso de Medicina Veterinária. Neste sentido, a Faculdade já marcou para o próximo dia 17 de julho o Vestibular presencial para seleção dos 100 aprovados que ocuparão as primeiras 100 vagas destinadas ao novo curso de bacharelado da instituição. A Portaria Normativa Nº 201, que autoriza a instalação e funcionamento do curso de Medicina Veterinária na FTC Itabuna, foi publicada na edição nº 106, do Diário Oficial da União, do último dia 06 de junho. Ainda conforme o documento do Ministério da Educação, o curso está registrado no sistema e-MEC com o n º 48 201501167. Segundo o diretor da FTC Itabuna, Januário Mourão e Lima, a oferta do novo curso vem suprir uma demanda reprimida no Sul da Bahia, já que até o presente momento só existia Medicina Veterinária na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). “Com base em pesquisas, identificamos que existe um mercado em potencial para os profissionais veterinários e que era preciso oportunizar aos estudantes da região mais esta opção de graduação no sistema privado de ensino”. “Mais uma vez, ainda cumprindo o seu papel como precursora na ampliação da oferta de novos cursos superiores na região, a FTC demonstra o seu compromisso em formar profissionais que possam mudar a realidade na qual ela está inserida”, contextualizou Januário. Ele destaca que já estão programados no plano de expansão da Faculdade os investimentos para assegurar a qualidade acadêmica do novo curso, como a oferta de laboratórios de análises de ponta. (Políticos do Sul da Bahia)

O diretor ressaltou que, conforme o Conselho Federal de Medicina Veterinária são mais de 80 áreas onde o médico veterinário pode atuar profissionalmente, a exemplo clínica de animais, auditoria e inspeção em matadouro, frigoríficos e laticínios, responsável técnico em tecnologia de carnes e leite, além de responsável técnico em defesa sanitária animal, consultor em impactos ao meio ambiente e responsável técnico em vigilância sanitária anima e vigilância ambiental.

Posts Relacionados