19 de dezembro de 2018

Buerarema – O 20 de Novembro para os povos de terreiro “PAI JOCA”

Dia nacional de Zumbi e da consciência negra, como é oficialmente chamado o dia 20 de Novembro, que foi instituído pela Lei 12.519/2011. Esta data é referência a morte de Zumbi que ocorreu no ano de 1695, Zumbi líder do Quilombo dos Palmares situado entre os estados de Alagoas e Pernambuco.

Somente na década de 70 historiadores descobriram e publicaram tal informação, com isso o movimento negro unificado contra a discriminação e racismo em 1978 elege Zumbi como figura símbolo da resistência e luta dos negros no Brasil. Acredito que estes fatos são  de conhecimento de todos, porém eu não poderia deixar de trazer a luz a razão desta data importante para nós.

De lá pra cá muitas lutas foram e aindas são travadas. A luta por direito e respeito é travada diariamente e ao logo do tempo temos tido resultados, não com a urgência que necessitamos, mas estamos avançando ainda que lentamente.

De que forma nós povos de terreiro estamos ligados a esta data, ora o terreiro sempre foi e será o Quilombo Urbano, onde negros e negras põe em prática sua reliosidade com adoração aos Inkisi (Orixás) é no terreiro que se mantém viva os bens imateriais através da reza, cantos, danças, trabalhos, costumes… Que são passados de geração para geração.

Muitos terreiros no passado abrigaram negros vítimas da perseguição e racismo e hoje não é diferente, é aqui no terreiro que o negro se compreende não somente religiosamente, mas também socialmente passando a se vê como cidadão de direitos.

Nós Pais e Mães de Santo entendemos a importância que temos na vida de cada filho e filha é aqui que nos fortalecemos e esta união das famílias do axé tem rompido barreiras.

O 20 de Novembro para nós é dia de reflexão e também de luta para assegurar o respeito a religiões de matriz africana e contra todas as formas de preconceito e intolerância.

Rogo a Zumbi que todos os InKisi estejam olhando para nós, que a espada do pai Ogum esteja para a nossa defesa, que o machado do Pai Xangô nos traga justiça sobre as nossas demandas. Que Mametu Kayala nos abençoe. “PAI JOCA”

“Terreiro história e resistência de um povo! Candomblé religião do povo negro! DIGA NÃO A INTOLERÂNCIA RELIGIOSA E TODO TIPO DE PRECONCEITO”.

 

 

Posts Relacionados

Imagem de Destaque do Post
BUERAREMA – CALÇAMENTO DE RUAS DO VILA OPERÁRIA INICIA NOS PRÓXIMOS DIAS

Um sonho antigo da comunidade do Vila Operária já está perto de tornar realidade. Nos próximos dias serão iniciadas as obras de pavimentação e drenagem de suas ruas. O investimento no valor R$394.313,15 (recurso do Governo Federal) é proveniente de uma emenda parlamentar do deputado Augusto Castro, que será executada por meio de convênio com […]

Imagem de Destaque do Post
Buerarema – (VEJA VÍDEO) Evento de Confraternização dos usuários do SCFV foi marcado com diversas apresentações das oficinas

Um dia de muito Orgulho, Diversão, Alegria e Apresentações! Foi dessa forma que a SEC. GLÉCIA ANDRADE – Sec. de Assistência Social do município de Buerarema,  resumiu o evento de Confraternização com as crianças e adolescentes participantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. O evento foi realizado ontem Quinta-Feira (13) na Casa de Cultura Jonas e […]