Brasil – Presidente do Paysandu renuncia após ter arma colocada na cabeça

O presidente do Paysandu, Sérgio Serra, renunciou ao nesta quinta-feira (6). O motivo foi a ameaça de morte sofrida por ele e sua família quando passeavam em uma praça de Belém, no último domingo. De acordo com Sérgio Serra, ele, a mulher e o filho, um adolescente que sofre autismo, brincavam no local quando homens armados desceram de uma moto e fizeram ameaças, cobrando melhores resultados do time.
O dirigente preferiu não prestar queixar à polícia, mas tomou a decisão de deixar o clube que presidia desde o início do ano. Nas redes sociais, a irmã de Sérgio, a jornalista da TV Globo Cristina Serra, contou detalhes da agressão. Segundo ela, os bandidos chegaram a apontar uma arma para a cabeça do dirigente.

Posts Relacionados

Imagem de Destaque do Post
Buerarema – Rotary Cub de Buerarema realiza passeio ciclístico e arrecada alimentos para doar a famílias com vulnerabilidade social

O ROTARY CLUB DE BUERAREMA realizou ontem Sexta-Feira dia 07 de Setembro,  mais uma edição do PASSEIO CICLÍSTICO direcionado aos estudantes de várias escolas da zona urbana e rural e também aos praticantes deste esporte no município. Em sua programação, todos os participantes do passeio,  tomaram um delicioso café da manhã e cantaram o hino […]