Brasil – Ex-miss é presa em flagrante, acusada de ser mentora de sequestro de empresário

A ex-miss Karina Reis é suspeita de ser a mentora do sequestro de um empresário registrado no fim de agosto em Curitiba. A modelo, moradora de Pinhais, município da Região Metropolitana de Curitiba representado por ela no concurso, ficou entre as semifinalistas no Miss Paraná 2017 e acabou presa em flagrante. A moça tem 25 anos e não apenas conhecia o sequestrado como já havia trabalhado para ele. 
A vítima foi encontrada com uma venda nos olhos, mordaça e estava amarrada no porta-malas de um carro na garagem de um imóvel do bairro Jardim Botânico, na capital. Segundo as investigações, Karina teria convencido o namorado, soldado da Polícia Militar Janerson Gregório da Silva, a participar do crime. Ele também está preso, assim como a mãe, Sueli de Fátima Gregório da Silva. O delegado Cristiano Augusto Quintas dos Santos, do Tigre, o grupo da Polícia Civil especializado em sequestros, é quem detalha como o crime foi cometido.

Posts Relacionados