Brasil – “Ele está falido”, diz mãe do ator Dado Dolabella, preso hoje por dívida de pensão

A atriz Pepita Rodrigues falou pela primeira vez sobre a prisão do filho, Dado Dolabella, que foi detido na tarde desta quinta-feira (17) por não pagar pensão alimentícia de seu filho Eduardo Neves Dolabella, fruto de seu relacionamento com Fabiana Vasconcelos Neves. O valor foi acumulado em quase dois anos e agora, somou um total de R$ R$ 196.397,54. Ao Purepeople, sua mãe afirmou: “É um absurdo o que estão fazendo com este menino. Uma crueldade. Ele tem um advogado que está pedindo há um tempo a redução do valor da pensão”. Foto acima mostra o momento em que o ator chega, preso, à delegacia.
“Ele não tem como pagar o que a mãe pede. O Dado não está trabalhando. Ele faz um bico aqui, outro ali, mas não consegue algo fixo. Hoje ele estava indo para Belo Horizonte fazer um trabalho quando foi preso. Essas histórias todas de confusão fizeram com que nenhuma emissora quisesse trabalhar com ele”, revela.
“Ele não tem dinheiro. Eu queria poder ajudar, mas a minha empresa faliu. Também não tenho dinheiro”, disse ela, que falou também sobre o prêmio de R$ 1 milhão. que ele levou no reality show “A Fazenda”, em 2009: “As pessoas falam muito desta história do prêmio. Pra começar, na mão do Dado não chegou este valor de R$ 1 milhão”. “Ele recebeu no máximo R$ 700 mil. E aí ele investiu em uma casa. Mas na separação, a casa ficou com a ex e ele ganhou uma merreca. Este dinheiro foi utilizado para pagar contas. Ou seja, agora ele não tem nada”, explicou.
Prisão
O ator Dado Dolabella, que ao longo de sua carreira artística já se envolveu em muitas polêmicas, acaba de se meter em mais uma. Ele foi preso no início da tarde desta quinta-feira (17) por policiais da 11ª DP (Rocinha), de acordo com informações do G1. O motivo foi o não pagamento da pensão alimentícia de seu filho Eduardo Neves Dolabella, fruto de seu relacionamento com Fabiana Vasconcelos Neves. O valor foi acumulado em quase dois anos e agora, somou um total de R$ R$ 196.397,54.
Pela manhã, os agentes chegaram a procurar Dado em seu apartamento em Copacabana, na Zona Sul do Rio, mas ele não atendeu, e quando achou que os policiais tinham ido embora, saiu do apartamento e foi preso logo em seguida. Ele chegou por volta das 14h na delegacia. “Na verdade isso é uma coisa que é um processo, que está em curso e já foi pedido um revisional. Esse valor que inclusive está sendo pedido no processo é de acordo com um contrato que eu recebia um salário por mês, que não existe mais, então, isso aí está sendo revisto”, disse ele. “Meus filhos são sempre prioridade na minha vida”, completa.

Posts Relacionados