10 de outubro de 2018

Brasil – Dilma deve sancionar projeto que libera pílula do câncer

O projeto de lei que libera a produção, distribuição e uso da
fosfoetanolamina sintética, conhecida como “pílula do câncer”, deve ser
sancionado nesta quinta-feira (14) com veto parcial da presidente Dilma
Rousseff. A tendência até o início da noite desta quarta-feira (13) era
que fosse vetado apenas o trecho do projeto que trata o uso da
fosfoetanolamina como de “relevância pública”, uma vez que a substância
não passou por estudos clínicos que comprovem sua segurança e eficácia. A
recomendação de sanção parcial foi definida em nova reunião na Casa
Civil, mesmo após recomendação contrária do Ministério da Saúde e da
Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), entre outros órgãos. O
principal argumento contrário é que, sem estudos concluídos sobre a
eficácia da pílula, há risco à segurança dos pacientes. Além disso, os
primeiros resultados de testes independentes feitos com a pílula,
divulgados pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, não foram bons. (Portal Sul da Bahia)

Posts Relacionados