Bahia – Morre em Salvador a cantora Nira Guerreira, ‘Rainha do Arrocha’

A cantora e compositora Nira Guerreira, conhecida como “Rainha do Arrocha”, morreu na tarde desta segunda-feira (9), em Salvador. A informação foi divulgada ao G1 pela produção da artista e também pela assessoria do Hospital Aristides Maltez, onde Nira estava internada. 
A cantora, que tinha 56 anos, estava na unidade de saúde, que fica no bairro de Brotas, desde o sábado (7). Ela faleceu por volta das 15h30 desta segunda-feira. Conforme a produção, a artista teve complicações por conta de um câncer no pulmão, que foi descoberto há cerca de um mês. O último show de Nira foi em fevereiro deste ano, antes do carnaval. De acordo com a produção, o sepultamento de Nira Guerreira será realizado na terça-feira (10), no Cemitério Bosque da Paz, no bairro de Nova Brasília, em Salvador. 
A cerimônia está marcada para as 16h. Nira Guerreira é o nome artístico de Tenilra Menezes da Silva. A cantora, que tinha 26 anos de carreiras, é conhecida como ‘Rainha do Arrocha” por ser uma das pioneiras do estilo musical, que surgiu na Bahia no início dos anos 2000. Nira começou cantando seresta, mas migrou para o arrocha em 2001. 
Conforme a produção da artista, ela foi a primeira mulher a cantar o ritmo. Além de Nira, nomes como Pablo, Silvanno Salles e Nara Costa são grandes expoentes do arrocha na Bahia, desde o surgimento do ritmo.

Posts Relacionados