Brasil - Supremo só julgará suspensão do inquérito de Temer após perícia dos áudios

A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, determinou nesta segunda (22) que o plenário da corte vai julgar o pedido da defesa do presidente Michel Temer apenas depois que a perícia no áudio entregue por Joesley Batista for finalizada.  A medida de condicionar o encaminhamento da questão  foi um pedido do ministro Edison Fachin, relator da Lava Jato. 
 
A Polícia Federal já recebeu os áudios da delação premiada firmada pela JBS para analisar se houve corte ou edição nas gravações, porém disse que não há prazo para conclusão da perícia.
 
Nos áudios, Temer e Josley conversam e o presidente dá aval para comprar o silêncio do deputado cassado, preso, Eduardo Cunha. 

0 comentários:

Postar um comentário

O site oficial de Buerarema - Bahia

O site oficial de Buerarema - Bahia